Tarde de Deserto

 

A Fundação Maria Mãe da Esperança organizou no dia 5 de julho, no seu Espaço Orante na natureza, na Bouça, Arrimal, uma Tarde de Deserto, que foi orientada pelo Sr. Padre Pedro Viva.

Estiveram presentes 18 pessoas que sentiram o chamamento de Deus, e se dispuseram a escutá-Lo no seu coração.

A tarde concluiu com a Eucaristia e um breve momento de convívio entre os participantes, que partiram decerto mais cheios do Espírito Santo, e abertos à Sua ação para se tornarem imagem de Cristo.

Para quem não pôde estar presente, fica a partilha desta oração do Sr. Padre Pedro Viva, que esperamos vos ajude também à conversão e fortaleça na fé!

                                                            

                    Senhor Jesus, Palavra do Pai encarnada,
                    Palavra não criada, mas sim gerada, no Amor,
                    que encontres em nosso coração
                    o aconchego e a docilidade de Maria, vossa Mãe.

                    O deserto é o lugar do essencial, da luta e da vitória!
                    Da vitória dos que resistem, dos corajosos.
                    Dos que abandonam o supérfluo, o ruído e o mundo
                    para fazer caminho, chutar a morte.

                    O deserto não é lugar para se viver!
                    É lugar para se atravessar;
                    é intervalo de um antes e um depois: conversão!
                    É o símbolo dos que venceram a tentação.

                    É a arena onde combatemos os nossos medos,
                    o espaço onde expomos os nossos sonhos.
                    É a experiência de nos fazermos pobres
                    e nos sabermos o rico que somos.

                    É lugar de silêncio e solidão,
                    e também de ilusão e fantasia.
                    É “noite escura” da alma
                    que anseia chegar à luz do dia.

                    Palavra do Pai, jardim florido,
                    Páscoa eterna, Redenção!
                    Guia e orienta esta vida,
                    Sussurra a paz e a Salvação.

(Pe. Pedro Viva)