Tarde de Deserto

 

A Fundação Maria Mãe da Esperança organizou no dia 5 de julho, no seu Espaço Orante na natureza, na Bouça, Arrimal, uma Tarde de Deserto, que foi orientada pelo Sr. Padre Pedro Viva.

Estiveram presentes 18 pessoas que sentiram o chamamento de Deus, e se dispuseram a escutá-Lo no seu coração.

A tarde concluiu com a Eucaristia e um breve momento de convívio entre os participantes, que partiram decerto mais cheios do Espírito Santo, e abertos à Sua ação para se tornarem imagem de Cristo.

Para quem não pôde estar presente, fica a partilha desta oração do Sr. Padre Pedro Viva, que esperamos vos ajude também à conversão e fortaleça na fé!

                                                            

                    Senhor Jesus, Palavra do Pai encarnada,
                    Palavra não criada, mas sim gerada, no Amor,
                    que encontres em nosso coração
                    o aconchego e a docilidade de Maria, vossa Mãe.

                    O deserto é o lugar do essencial, da luta e da vitória!
                    Da vitória dos que resistem, dos corajosos.
                    Dos que abandonam o supérfluo, o ruído e o mundo
                    para fazer caminho, chutar a morte.

                    O deserto não é lugar para se viver!
                    É lugar para se atravessar;
                    é intervalo de um antes e um depois: conversão!
                    É o símbolo dos que venceram a tentação.

                    É a arena onde combatemos os nossos medos,
                    o espaço onde expomos os nossos sonhos.
                    É a experiência de nos fazermos pobres
                    e nos sabermos o rico que somos.

                    É lugar de silêncio e solidão,
                    e também de ilusão e fantasia.
                    É “noite escura” da alma
                    que anseia chegar à luz do dia.

                    Palavra do Pai, jardim florido,
                    Páscoa eterna, Redenção!
                    Guia e orienta esta vida,
                    Sussurra a paz e a Salvação.

(Pe. Pedro Viva)

 

 

 

Tarde de Deserto no Espaço Orante na Natureza

A FMME organiza no próximo dia 5 de julho às 15 horas, no seu Espaço Orante na Natureza – Bouça, freguesia do Arrimal, Serra dos Candeeiros, uma Tarde de Deserto orientada pelo Sr. Padre Pedro Viva. Concluiremos com Eucaristia às 18 horas.

O deserto é lugar de passagem física e crescimento espiritual como aquele por onde passou o Povo Escolhido, do cativeiro no Egito à Terra Prometida.  Como estes pioneiros na nossa Fé, também nós somos convidados a entregarmo-nos ao cuidado amoroso de Deus, que vem a nós sempre que nos dirigimos a Ele em oração, de coração aberto e humilde confiança.

Será uma oportunidade para um encontro com Deus, através do silêncio, da oração e da escuta da Palavra de Deus

O deserto é um caminho que depois de percorrido nos ajuda a viver o dia-a-dia em comunidade. Junte-se a nós!

 

Contactos: 967 681 456         geral@fmme.pt

Local: 39°29’57.8″N 8°51’52.4″W              39,4993820; -8,8645439

https://goo.gl/maps/EHk3GbrUEP8ujJ3C7

 

Primeiro Dia Anual de Oração pelos Amigos da FMME

No dia 14 de Junho, data significativa pela proximidade das datas de nascimento e falecimento do saudoso Padre Manuel dos Santos José, fundador da FMME com outros amigos, a Fundação Maria Mãe da Esperança, organizou uma tarde de oração, onde foram recordados todos os amigos presentes e aqueles a quem o Pai já chamou para junto de Si.

Para permitir a presença do maior número possível de pessoas, em condições de segurança, tendo em conta a necessidade de garantia de distanciamento físico entre os presentes, o Rosário e Eucaristia aconteceram ao ar livre, junto à capela, na sede da FMME.

Estiveram presentes cerca de 60 pessoas, a que se juntaram outros amigos noutros locais, na recitação do Rosário, unidos na meditação dos Mistérios segundo proposta do Sr. Padre Pedro Viva, nosso Conselheiro Espiritual, e divulgados antecipadamente.

Agradecemos ao Senhor esta oportunidade de vivência comum da nossa fé, e pedimos-Lhe que continue a ajudar a Fundação Maria Mãe da Esperança a promover o Seu encontro com todos aqueles que aceitam abrir-Lhe o seu coração.

 

 

Recomeço das atividades da FMME

Em conformidade com as orientações da Conferência Episcopal Portuguesa, a Fundação Maria Mãe da Esperança, retomou no dia 30 de maio as suas atividades, que se encontravam suspensas desde o dia 13 de março, em virtude da pandemia de Covid 19 e das consequências sanitárias que daí advieram, nomeadamente no confinamento de pessoas imposto pelo Estado de Emergência decretado no nosso país.

O recomeço das atividades, aconteceu com a sessão da Escola de Oração, na sede da FMME (Casa de Oração de Fátima – Loureira), relativa às Leituras Bíblicas a rezar em junho e julho nos Grupos de Oração Interior (GOI´s). Esta sessão foi orientada pelo Sr. Padre Pedro Viva, nosso Conselheiro Espiritual, e contou com a presença de 14 Animadores de grupos GOI.

Para permitir a participação dos Animadores que não se puderam deslocar, foi disponibilizada uma solução de vídeo conferência, de forma experimental, e a que se pretende dar continuidade em próximas sessões, sempre numa ótica de complemento da presença física, que é insubstituível na sua completa dimensão.

Concluímos esta sessão da Escola de Oração com a celebração da Eucaristia na Tenda da Encontro (capela da Casa de Oração).

A sessão da Escola de Oração com os Animadores dos grupos da zona do Sobral de Monte Agraço, acontecerá no próximo sábado, na capela de Moitelas.

Iremos retomar no próximo sábado – dia 6 de junho, as Adorações Noturnas, e por ser o primeiro sábado do mês, celebramos a Eucaristia às 20h30, com a oportunidade de confissão, no contexto da Devoção dos Cinco Primeiros Sábados, como foi pedido por Nossa Senhora, em ato de reparação ao seu Coração Imaculado.

No próximo dia 14 de junho, na sede da FMME, recordaremos o Sr. Padre Manuel. Rezaremos pela sua alma e por todos os amigos presentes ou que já partiram para o Pai, unindo-nos na oração do Rosário ás 16h e celebração da Eucaristia ás 17h, numa celebração campal.

Aos que não puderem estar presentes, convidamos a que se juntem a nós onde estiverem, rezando o Terço e a oração do Mensageiro, se possível à mesma hora.